Pular para o conteúdo

O que é o Drag Along e como ele pode ser usado

7 de outubro de 2022
Publicado por 3Capital Partners

O Drag Along aparece em situações que especificam as relações entre empresas e acionistas, ou seja, por meio dessa estratégia é possível aplicar as operações de venda entre instituições de capital aberto ou fechado.

 

Muitas empresas sabem da importância desta cláusula já que, envolvem fundos de investimento, como private equity e venture capital.

 

Neste artigo, você vai conhecer o que é o Drag Along e como ele pode ser usado.

Continue a leitura!

 

O que é Drag Along?

O Drag Along é uma cláusula contratual que tem como objetivo proteger o acionista majoritário de uma companhia de capital aberto na bolsa de valores. 

 

Com ela, é possível que um acionista majoritário coaja os demais acionistas minoritários no momento de aceitar uma oferta de terceiros para a compra de uma empresa inteira. 

 

O Drag Along é a porta de entrada que possibilita que pelo menos um acionista majoritário realize a venda de uma empresa para outra, sem precisar de qualquer consentimento efetivo dos acionistas minoritários. Isto garante a venda de 100% desses valores mobiliários de uma empresa a um potencial comprador.

 

Como funciona?

 

O Drag Along é acionado por todos os tipos de transações de vendas, como o processo de fusões e aquisições. 

 

A porcentagem de ações do acionista majoritário é variável, que depende muito do mix de propriedade da empresa e, claro, da força de negociação dos acionistas. Essa porcentagem fica entre 51% e 75%.

 

O Drag Along auxilia o acionista majoritário no processo de levar para os demais acionistas minoritários com ele no momento da realização da negociação, fazendo com que eles também vendam suas ações ao potencial comprador.

 

Quais benefícios oferece aos acionistas?

Existem muitas vantagens no momento de fazer o Drag Along nos contratos empresariais. Um dos seus principais benefícios é fornecer liquidez, flexibilidade e uma “saída fácil” para quando um acionista majoritário deseja negociar seu empreendimento. 

 

Essa cláusula é favorável aos acionistas majoritários, pois ajuda a impedir que eles se prendam a uma empresa que tem pretensão de venda. 

 

Com isso, o Drag Along também garante que os acionistas minoritários sejam tratados da mesma forma que os acionistas majoritários. 

 

A cláusula ainda demanda que os valores, as condições e termos estejam semelhantes e acordadas a todos os acionistas, sendo que os pequenos acionistas possam adquirir condições de vendas que sejam oportunas, o que também pode ser utilizado como um tipo de garantia para o acionista majoritário, no caso de ele querer sair daquela sociedade.

 

Gostou do conteúdo? Então acompanhe o nosso blog para ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de M&A! 

 

Tem uma empresa e deseja saber mais sobre as possibilidades e perspectivas da realização de uma fusão ou aquisição? Então conte conosco e entre em contato!



Veja outras notícias