Pular para o conteúdo

O papel da TI nos processos de fusão e aquisição

22 de agosto de 2023
Publicado por 3Capital Partners

O mundo empresarial está em constante mudança e as fusões e aquisições desempenham um papel fundamental na busca por crescimento e competitividade. No entanto, o sucesso de uma transação depende de uma variedade de fatores, incluindo a incorporação eficiente dos sistemas de Tecnologia da Informação (TI) das empresas envolvidas. Quando bem enquadrada no contexto de um processo de fusão e aquisição, se torna uma ferramenta poderosa de integração, elevando a eficiência a longo prazo de uma operação de M&A.

Para isso, alguns pontos são fundamentais nesse processo.

Quais os pontos fundamentais da TI em transações empresariais?

Gerenciamento de ativos

Na TI, o gerenciamento de ativos envolve a administração de todos os aspectos tecnológicos, sejam eles físicos ou virtuais. Isso inclui tomar medidas para evitar investimentos ineficientes e contribuir para uma cultura de inovação, fortalecendo estratégias.

Além disso, o foco é garantir a eficiência dos sistemas, otimizando o uso de hardware e software, oferecendo agilidade no atendimento e resolução de problemas. É esse gerenciamento que determina a necessidade de investimentos e ajuste de recursos.

Troca de informações

Em uma organização, a troca de informações é a chave do desenvolvimento de todas as operações. É por meio dessa troca que os processos fluem conforme as necessidades identificadas, assim, respostas mais rápidas são elaboradas, preservando o fluxo de trabalho e até mesmo criando novos que atenderam as novas necessidades.

Integração de sistemas

Entre todos os pontos citados, a integração de sistemas é o principal aspecto de responsabilidade da TI, que deve ser planejado pelo gestor que irá definir as ferramentas mantidas, substituídas e quais devem ser adquiridas, experimentando um novo escopo do sistema.

Isso abrange aspectos importantes, como custos, finanças, estratégias e posicionamento de mercado, englobando os pontos relacionados a tecnologia e todas as áreas da organização que recebem suporte desse setor.

É importante ressaltar que, nessa etapa, a participação do gestor de TI desempenha um papel crucial. Em colaboração com sua equipe, ele identificará e destacará os desafios que podem surgir durante a integração. Dentre eles, podemos citar:

  • Incompatibilidade entre plataformas;
  • Falta de investimento em tecnologia;
  • Fluxos de informação mal estruturados;
  • Modelos de serviço.

Com esse levantamento, é possível apontar novas oportunidades e estimar os custos gerados.

Facilitando os desafios da M&A

O sucesso do processo de fusão e aquisição de empresas depende de um planejamento bem garantido, que abrange uma variedade de questões, desde a análise das organizações até a definição da governança corporativa. A participação ativa da equipe de TI é de suma importância, contando com aspectos cruciais que não podem ser negligenciados na estratégia.

Os gestores devem compilar as informações relevantes e secundárias sobre os negócios. Esse documento deve abranger idealmente dados relacionados à carteira de clientes, sócios, contratos com fornecedores e outros parceiros, investimentos, previsão de receita para períodos futuros, entre outros. Essa abordagem auxilia na construção de uma base sólida para a negociação e permite que os envolvidos adquiram conhecimentos sobre aspectos importantes que podem influenciar os resultados futuros.

É relevante ressaltar que, durante a fase de due diligence, a participação do gestor de TI é fundamental. Ele, juntamente com sua equipe, identificará e localizará os obstáculos que podem surgir durante a integração.

Além disso, a empresa-alvo também deve ser avaliada em relação ao modelo de serviços, ao uso de outsourcing, à utilização de dados e aplicações em nuvem, entre outros aspectos. Com base nessa análise, torna-se possível identificar oportunidades, necessidades de mudanças e estimar os custos gerados pelas operações. Acordo de acionistas O acordo de acionistas é um documento que estabelece as responsabilidades dos sócios no envolvimento com a empresa e deve contemplar diversas situações fundamentais para o sucesso da fusão ou aquisição.

Para realizar mudanças eficientes, conte com quem entende do assunto!

À medida que as empresas se tornam cada vez mais dependentes de soluções tecnológicas, o papel da TI adquire uma afinidade ainda maior. Ao compreender essa importância, aumente as chances de alcançar uma fusão e aquisição bem-sucedida.

Portanto, podemos afirmar que a tecnologia da informação desempenha um papel estratégico não apenas nas operações iniciadas, mas também fornece um suporte essencial na condução de grandes mudanças.

Uma abordagem ética e responsável é fundamental para integrar ambas as partes. Nisso a 3Capital é especialista. Conte com profissionais de ponta, que oferecem uma ampla rede de conhecimento e experiência em grandes mudanças de sucesso, pensando sempre na melhor forma de ampliar seu negócio.



Veja outras notícias